A IGREJA DE JESUS CRISTO DOS SANTOS DOS ÚLTIMOS DIAS

O Bispado deseja aqui compartilhar mensagens, atividades, links úteis e nosso incentivo para que todos edifiquemos nossa Fé e testemunho em Deus e em nosso Salvador chamado Jesus Cristo, nosso Redentor, que nos ama e permite por meio de nosso livre arbítrio, obediência e perseverança, que retornemos a sua presença.





sexta-feira, 19 de março de 2010


Mestre Familiar
O QUE OS MESTRES FAMILIARES PODEM FAZER POR NÓS
Para o Pai Celestial, toda pessoa é importante.O Senhor salientou a importância do indivíduo e da família quandorevelou a Joseph Smith um plano pelo qual o sacerdócio poderia cuidar de todos. O Senhor instruiu os irmãos a “visitar a casa de todos os membros, exortando-os a oração em voz alta e em segredo”, “a cumprirem todas as obrigações familiares” (D&C 20:47) e a “zelar pela Igreja”. (D&C 84:111)
Quem são esses mestres a quem é pedido que zelem pelas famílias da Igreja?Hoje, esses homens são os mestres familiares. Chamados por Deus para zelar por Seu povo. Cabe-lhes fortalecer as pessoas para ajudá-las em suas experiências na vida, e a voltar à presença do Pai Celestial. Devem também ajudar cada indivíduo e família a viverem o evangelho mais completamente.
Podemos Ajudar os Mestres Familiares a Cumprirem Sua ResponsabilidadeDevemos fazer com que os mestres familiares sejam bem-vindos em nosso lar, chamando todos os membros da família para receber a visita. Podemos sugerir-lhes que venham nos visitar em ocasiões em que toda a família esteja em casa. Todos os membros devem honrar e respeitar os mestres familiares e considerá-los bons amigos. Nas horas de dificuldade ou emergência, devemos chamar nossos mestres familiares. Eles podem dar bênçãos, se não houver um portador do Sacerdócio de Melquisedeque no lar. Podemos ajudá-los acumprir seu chamado, solicitando seu apoio espiritual nas horas difíceis. Certo mestre familiar conta de uma visita sua a uma senhora idosa, semi-inválida: “Ela expressou grande preocupação por um dos netos que no dia seguinte devia submeter-se a uma séria intervenção cirúrgica e perguntou se eu queria ajoelhar-me ao lado de sua camapara oferecer uma oração em favor do bem-estar da criança”. (Boyd K.Packer, A Liahona, julho de 1973, p. 9)
Os Mestres Familiares e o Chefe da Família
Os mestres familiares devem reconhecer, apoiar e fortalecer o chefe da família. Se houver um pai no lar, ele deve ser respeitado como patriarca—o membro da família que preside. Se não houver pai no lar, a mãe deve ser reconhecida como autoridade presidente, e os mestres familiares devem trabalhar por meio dela, ajudando-a em seu papel. Os mestres familiares também devem trabalhar diretamente com membros solteiros, viúvos e outros membros, ajudando-os a se fortalecerem e prestando-lhes assistência sempre que necessário.
Como os Mestres Familiares Podem Ajudar a Família?
Os mestres familiares podem ajudar nossa família de muitas formas. Podem demonstrar como preparar e dirigir uma reunião familiar, incentivar-nos a desenvolver nossos talentos, oferecer conselhos quenos ajudem a resolver problemas e ajudar a aumentar a espiritualidadeem nossa casa.
Conclusão
Os mestres familiares representam o Senhor, o bispo ou presidente do ramo, e o quórum do sacerdócio no fortalecimento espiritual, temporale emocional das famílias. Podem ajudar as famílias que lhes foram designadas a apreciarem os programas da Igreja, e incentivá-las a cuidar de suas responsabilidades para com a família e para com a Igreja.

3 comentários:

Daniela Carnevale disse...

Acho que já vi este texto em alguem lugar...rsrsr
Parabens pelo Blog.

Wagner Carneiro disse...

Gostei muito dessa mensagem. Como é bom ver que os mestres familiares e professoras visitantes fazem uma grande diferença na edificação dos membros.

Marquinhos disse...

parabens mensagem muito interessante!!!!

Postar um comentário

Comente a vontade...